Num país de «desertores do arado», queda da transmissão da cultura (e técnicas agrícolas) intergeracional

Além disso, muitas das publicações sobre este tema arrastam uma série de erros nas dimensões derivadas do Catastro de Ensenada (finais do século XVIII), onde os funcionários do rei tentavam expressar as cousas em unidades castelhanas, entendendo que as medidas que os galegos expressavam em fanegas ou varas galegas equivaliam a «hanegas» e «varas castellanas», e depois levando os erros dessa falsa equivalência aos múltiplos e divisores da unidade de referência. Por exemplo, entendendo que o ferrado sempre era a quarta parte duma fanega (em muitos lugares é 1/5) e que a fanega galega sempre equivalia à «hanega» ou «haniega» castelhana de 100×100 varas castelhanas. Isto é, habitualmente no Catastro de Ensenada está-se a utilizar como unidades fixas de superfície a fanega galega como se fosse a hanega castelhana de 64,596 áreas e o ferrando galego como ¼ disso, ao que corresponderiam 16, 149 áreas, quando o ferrado galego varia entre 4 e 8 áreas. Reparemos que o erro faz declarar mais do duplo de cultivos dos reais, com o duplo de tributos, evidentemente, polo que os funcionários gostavam imenso dessa confusão. Não tanto os labregos galegos, por isso na maioria das freguesias se procura fugir da fanega, e se expressam as unidades em ferrados galegos dessa freguesia. Não obstante, os labregos galegos mentem tudo quanto podem no inquérito do Catastro de Ensenada, sempre declarando o menos possível. Nas superfícies de cultivo, chegam a dizer que cultivam a metade do que realmente cultivam, polo que em certa medida compensam esse erro na conversão. Contudo, há que ter muito em conta o contexto e a finalidade desse inquérito, evitando tomar acriticamente dos dados do Catastro de Ensenada como dados sempre verídicos e interpretando aquilo que realmente se declara. Se perguntamos hoje a um velho quantos ferrados tem tal leira, e contrastamos com o que seus ancestrais diziam que tinha em 1756 talvez encontremos alguma surpresa…

https://otorsorebeldedastormentas.wordpress.com/2015/06/13/o-ferrado-essa-misteriosa-unidade/

4 Likes

E com Feijó e as políticas de castela/Espanha está garantido que o eucalipto ponha fim as valiosas terras de cultivo. Bem muito escaso e que não produzimos

2 Likes