Fio da Cousa Nossa

Cavalheiro sempre com os seus

Ao povo de Moanha figeram-lhe uma oferta que não podem rejeitar

2 Likes

E a esta senhora tambem

Omertá

Tribunal de Cuentas espanhol sinala plan Galicia de mierda

1 Like

Suma, Mais 150,000 para La Voz de Galicia. Prémios menores para os outros porta-vozes
http://www.xunta.gal/dog/Publicados/2017/20170627/AnuncioG0244-160617-0003_gl.html

1 Like

Modalidade Pablo Vioque. Autocontratação com dinheiro público em pequena dose para não espantar



2 Likes
2 Likes

Así, e desde que Feijóo volveu tomar possessão na súa terceira legislatura consecutiva, a Xunta assinou 32 convenios com 21 concelhos desta provincia por um valor de 16,1 milhões de euros. Desta quantidade, o 80% dos fondos (13,1 milhões) foron para melhorar as infraestruturas públicas só em 19 municipios, nos que goberna o Partido Popular.

1 Like

Um dos nossos

2 Likes

Em a Cousa Nossa temos pánico das coimas de Competência :wink:
Olho com dar dados pessoais!

2 Likes

Escenario igualado para a transcendental cita eleitoral do 1 de marzo de 2009. Nas páginas de opinião do diario La Voz de Galicia o presidente de Pescanova, Manuel Fernández de Sousa, asina um artigo co formato de carta aberta. Titúlao “No se puede esperar más” e proclama que na Galiza “es necesario un cambio urgente” para eliminar “atascos en barreras ideológicas, idiomáticas o geográficas”. O texto fai parte da ofensiva do empresario contra o Goberno de PSdeG e BNG, que a mediados de 2006 revogara a autorização que lhe outorgara o gabinete de Manuel Fraga en funções para instalar uma piscifactoría de rodabalhos no espaço protegido de cabo Tourinhão.

Naquelas vésperas eleitorais Pescanova estaba a anunciar a inminente inauguración dunha factoría semelhante en Mira, uma localidade costeira a apenas 100 quilómetros do Porto.

A mensage amplificada: Pescanova tivera que “deslocarse” por culpa do bipartito e estaba a gerar en Portugal centos de postos de trabalho que perdera a Galiza.

Apenas catro anos despois a macroplanta de Mira tornaba nun dos principais lastres da ruína da empresa,

Veja aqui:

3 Likes

Penso que é um dado de muito peso no processo de tomada de decisão.

1 Like

Os Feijó são organização de demolição muito eficaz

“despois de cometer un delito, de que te vas arrepentir?”, diz Dom Laureano.

1 Like

Bebelhe outra garrafa!, Alberto

1 Like


Na Cousa Nossa são gente de pouco “estudar” e muito “apalancar”

1 Like

A Cousa Nossa em Ourense tem um paladar mui nosso



2 Likes

Para que queremos sicários, se temos esbirros pagados com dinheiro público


Bom, os esbirros na altura levavam razão: o tipo tirou uma pota de “grandes dimensões” no chão :open_mouth:

3 Likes

The Chigre