Denunciam precariedade, assédio e proibição de sindicatos em Ikea Portugal


Uma das mais graves denuncias que os trabalhadores e trabalhadoras da
Ikea Portugal fizeram perante este diário foi que não são permitidos “nem
Sindicatos nem uma Comissão de trabalhadores” e por isso “vive-se um
clima de medo de represálias por parte da empresa e onde o Departamento
de Recursos Humanos permite estas situações”.

2 Likes

OH!! non o creo… se é de marca :grin: