A irracional efetividade da matemática para descrever as ciências naturais

Mas há outra corrente, encabeçada por pesquisadores como Roger Penrose, um físico de Cambridge, que defende que não, os pensamentos e os sentimentos não respondem a um algoritmo, que há fenômenos adicionais e que, por isso, um computador nunca chegará a desenvolver sentimentos como um ser humano.

1 Like

As computadoras não consomem drogas.


Há versão em castelhano
1 Like