14votadas

A partir de sábado, os rótulos dos alimentos vão mudar

As novas regras de etiquetagem de alimentos na UE entram em vigor no sábado e exigem maior visibilidade nos rótulos e mais informação sobre alergénios. Além da indicação clara e uniforme da presença de alergénios alimentares - como soja, frutos secos, glúten ou lactose - em alimentos pré-embalados, também os restaurantes e cafés terão de fornecer informação sobre estes. Os rótulos terão ainda de indicar obrigatoriamente a origem de carne fresca de porcinos, ovinos e aves, bem como da origem vegetal de óleos refinados e gorduras.

9votadas

Os legumes italianos que a mãe dava a Rolando já são uma marca

A tradição do Sul de Itália de conservar os legumes em azeite viajou até Lisboa com um estudante Erasmus, e tornou-se uma marca com o nome da mamma italiana: Ana de Rosa. Os legumes faziam sucesso entre o grupo de amigos, de tal forma que começaram a desafiá-lo a produzi-los ele próprio em Lisboa. Em Janeiro, quatro ou cinco desses amigos juntaram-se e criaram a marca. As pessoas mais velhas reconhecem mais facilmente os produtos porque, afinal, trata-se de uma técnica antiga de conservar legumes. Em Portugal conserva-se queijo em azeite.

12votadas

Portugal é o primeiro país mediterrânico com mexilhões sustentáveis

Sabem bem os mexilhões do Algarve? Então agora saberão melhor: a sua produção acaba de ser declarada sustentável pela mais importante organização internacional da área. Ou seja, em tese, podemos comê-los com a certeza de que a sua cultura não está a poluir o mar ou a dar cabo da própria espécie. É a segunda pescaria portuguesa a ser certificada com o selo do Marine Stewardship Council (MSC), uma organização sem fins lucrativos. Os mexilhões seguem os passos da sardinha, que obteve a mesma certificação em 2010, mas agora suspensa.

7votadas

Gastronautas, venham daí

O conceito do Silver.Spoon joga com a expectativa, a excitação da imprevisibilidade, a ideia de clandestino e de happening. Não são os únicos. De forma mais elaborada, como eles, ou mais discreta, como o mero acto de servir ostras e contar histórias à volta disso, aparece em Portugal um mercado gastronómico virado para a ideia de que comer não chega. Materializa-se muitas vezes na noção de “pop-up”, efémero, às vezes por necessidade económica, às vezes por gestão criativa.

24votadas

Un tinto da adega do Ribeiro Coto de Gomariz, entre os 100 mellores do mundo vídeo

O viño do Ribeiro A Flor e a Abella é un dos 100 mellores do mundo, seleccionado por unha prestixiosa revista americana. Este tinto da adega ourensá Coto de Gomariz está elaborado coa variedade autóctona sousón.

10votadas

Os pratos das casas dos nossos avós estão a renascer numa fábrica em Ílhavo imaxe

Pratos, bilhas, saleiros ou canecas que também já estão a ganhar fama além-fronteiras. As peças da Oficina da Formiga são reproduções fieis dos formatos e motivos de louça utilitária, fabricadas na segunda metade do século XIX e primeira metade do século XX provenientes de diversas unidades industriais nacionais que já encerraram, nomeadamente de Aveiro, Coimbra, Lisboa, Sacavém, Caldas da Rainha e Gaia. publico.pt/local/noticia/os-pratos-das-casas-dos-avos-estao-a-renascer0

13votadas

O Grelo Folc reivindica este sábado “sector nabal con b”

Festa do grelo con menú de churrasco? Así é o Grelo Folc que volve a Monfero este sábado 18 de outubro. Churrascada, xogos populares e moita música da tabernícola da Requinta da Laxeira ao rock de Ataque Escampe pasando por ska de Trapallada ou a tradición de Eudemónicas. Todo en honor do grelo e a nabiza.

13votadas

Pão de algas para substituir o sal

Investigadores do Instituto Politécnico de Leiria desenvolveram um pão de algas substitutas do sal, produto que em 2015 deverá começar a ser comercializado por uma panificadora com o intuito de dar novos usos aos recursos marinhos. Na Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar de Peniche, o projeto arrancou há pouco tempo, mas os investigadores já confirmaram que é possível substituir algas marinhas por sal, sem se obter um pão insonso.

15votadas

Os mellores restaurantes galegos de Barcelona

Unha selección dos mellores restaurantes galegos de Barcelona, unha tipoloxía de restaurante que, for caro ou for económico, sempre trata o produto do mellor xeito posible.

14votadas

Gérard Depardieu diz que bebe 14 garrafas de vinho por dia

"Começo em casa, com champanhe ou vinho tinto antes das 10.00. Depois mais champanhe e a seguir "pastís", talvez meia garrafa. O almoço é acompanhado de duas garrafas de vinho. À tarde, champanhe, cerveja, outra vez "pastís" até às 17.00 para acabar a garrafa. Mais tarde, vodka e/ou whisky". Depardieu admite que quando começa a beber não consegue parar. "Posso beber 12, 13, 14 garrafas de vinho. Justificação: "Quando me aborreço, bebo".

13votadas

Guía micolóxica dos ecosistemas galegos

Esta guía, que recolle as 556 especies máis habituais na Galiza, é especialmente importante para a Micoloxía Galega, porque conxuga nun mesmo traballo a experiencia herdada dos nosos maiores e mestres co zume novo das últimas xeracións de micólogos, formados profesionalmente nas nosas universidades.A distribución das especies ao longo da obra. Entrevista a Marisa Castro: ir.gl/5d7e80 directora do Laboratorio de Micoloxía da Universidade de Vigo e coautora da Guía Micolóxica de Baía Editorial.

10votadas

Vinte destinos "cachaceiros" no Brasil imaxe

Por onde o turista no Brasil passa existe uma lojinha pra comprar doces, camisetas e – sempre – cachaça. Não bastasse o sucesso dos empórios e armazéns, o País tem uma baita variedade de engenhos e alambiques cheios de história. Alguns são da época colonial, outros têm milhares de rótulos de cachaça, e a maioria permite a degustação do “néctar”. Foi pensando nos amantes de cachaça que selecionamos vinte destinos brasileiros com atrações cachaceiras bem bacanas que oferecem visistas e tem estrutura para receber turistas.

15votadas

O aceite Vieiro chega a San Sadurniño

A VI Feira Rural de San Sadurniño enfía os últimos días de preparativos. A cita é o sábado 30 de agosto no lugar da Cortiña. O aceite en cuestión prénsao a almazara As Pontis. O nome xa nos dá unha pista de a que se debe o do "sabor galego". E é que esta empresa encóntrase nun dos tres Concellos estremeños (As Ellas, Valverde e San Martiño do Trebello) onde se mantén a "Fala", unha lingua antiga moi semellante ao galego que, segundo parece, chegou a aquela zona da serra de Gata aló polo século XII levada por colonos galegos e do oeste leonés.

Data: 30/08/2014
12votadas

Aos quatro anos, mais de 90% das crianças já consome sal a mais imaxe

ISPUP apresenta livro que ensina pais a alimentarem crianças de forma saudável. Este livro teve por base resultados da coorte Geração 21, assim como a evidência científica já existente e pretende “numa viagem da mesa à horta” promover o contacto das crianças e pais com a fruta e os hortícolas, incluindo as crianças no processo de produção, compra, preparação e confecção dos mesmos, de modo a incentivar o seu consumo. O objectivo é que seja um guia prático, útil para pais mas. Artigo no público ->ir.gl/60ee28

15votadas

MAF artesanía. Coitelos de Riotorto

Tamén con motivo da Feira da Artesanía do Ferro de Riotorto quixemos facer unha edición especial de coitelos xamoneiros e coitelos de cociña. Realizados en madeira de buxo e aceiro inoxidable, a particularidade é que cada un deles leva distintas pirografías no mango. Un ornamento diferente para unha peza única...

« anterior12345...15» seguinte

Chuza